History
Icon-add-to-playlist Icon-download Icon-drawer-up
Share this ... ×
...
By ...
Embed:
Copy
2012
Clean
January 03, 2012 11:57 AM PST
itunes pic
Pra você!
Mangueira - Final da escolha do Samba
Clean
October 20, 2011 07:32 PM PDT
itunes pic
Ao som do samba campeão, as imagens da noite da escolha do samba que cantará na Avenida Marques de Sapucaí, o enredo "Vou Festejar, sou Cacique, sou Mangueira", no carnaval carioca de 2012. * fotos de Valéria del Cueto, para o site da Mangueira.
Primavera
Clean
September 23, 2011 06:41 AM PDT
itunes pic
Nela, é preciso - e sempre - cantar. E faço, embalada ao som de Gaúcha da Portela, uma homenagem à estação que começa... Os registros foram feitos na Travessa, num dos muitos finais de semana especiais que passei por lá. A parte do riacho e da cachoeira foi feita na... cachoeira. * Este trabalho é dedicado aos que fazem da minha estada em Mato Grosso uma primavera, mesmo na seca: à família Boabaide Yule. Amo todos vocês!
Momento inercial
Clean
August 30, 2011 10:22 PM PDT

                   

Texto e foto de Valéria del Cueto


Primeiro foi o frio, depois a chuva. A mudança da estação também influenciou minha preguiça. Ela substituiu o prazer por semanas, dia após dia, sem que eu conseguisse superar o bloqueio que me impedia de chegar, no tempo certo, ao meu local: a praia na Ponta do Leme.


O sol se escondia quando me preparava para chegar lá; o vento aumentava, o tempo fechava...

Sabia que precisava quebrar o encanto que estava desencantando a alegria mais simples e prosaica dos meus dias cariocas.

Se não rompesse essa corrente que os deixavam mais cinzentos e tristonhos, como poderia alçar vôos maiores e necessários, como voltar a fazer ginástica e tentar ser mais rigorosa com meus projetos e afazeres?

Sair da inércia, já dizia meu sábio pai, é o maior e mais difícil dos esforços. Depois que “a pedra rola”, tudo fica mais fácil. É só seguir o embalo.

Segue no Sem Fim...

Obrigado, doutora!
Clean
July 27, 2011 04:50 PM PDT

Obrigado, doutora!

Texto e foto de Valéria del Cueto

Inverti os horários, mas não o dia nem o local. Hoje é sexta, estou na Ponta. Porém...

Que destino. Mas não há o que reclamar. É muito cedo para notarmos o desconforto. O sono é maior apesar do vento geladinho que parece querer dar uma de desmancha prazeres e não deixa o sol firmar o calor na pele.

Ledo engano para quem se deixa enganar. Seus raios poderosos e do bem fazem seus melhores efeitos, dourando a pele e fortificando os ossos, dizem os especialistas.

Já está convencido(a) medicinalmente, caro leitor(a), da necessidade premente de minha permanência no tempo/ espaço que se apresenta?

* continua no Sem Fim...

O sertão vai virar mar ....
Clean
July 24, 2011 06:48 PM PDT
O sertão vai virar mar e o mar virar sertão.

                        Texto e foto de Valéria del Cueto

Escuto este vaticínio desde criança. Para não ter medo de perder meu lugar ao sol na praia da vez, anos atrás, tratei de comprar uma terrinha na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, colada no Parque Nacional e no colégio Buriti, na estrada da Água Fria.

Baseei-me nas previsões de Dom Bosco para decidir o local do empreendimento, assim como Juscelino Kubitscheck as usou para definir onde seria construída Brasília. É claro que preferi um dos vértices opostos ao da Capital Federal. As chances eram: Chapada dos Guimarães ou a região de Araxá, em Minas Gerais.

* continua no Sem Fim...

Terra, mar e ar
Clean
July 23, 2011 09:31 AM PDT

Terra, mar e ar

 Texto e foto de Valéria del Cueto

Atrasei ao máximo a redação esse texto por que não queria escrevê-lo. Poucas vezes isso aconteceu na minha curta carreira de cronista e/ ou articulista.

Queria - do fundo do meu coração - que o assunto em pauta tivesse se esgotado, fosse página virada, algo para não ser nem lembrado.

Já sei. Deixei-me levar pelos ritmos do fraseado e do ideal inalcançável, exagerei. É impossível esquecer. Até por que fatos e atos como estes devem ficar para sempre na nossa memória, assim como seus responsáveis.

As imagens do Bope, a tropa de elite da Policia Militar do Rio de Janeiro, atacando o quartel central do Corpo de Bombeiros com armas letais servem para exemplificar a inversão de valores que (des)norteia nossa sociedade.

* continua no SEM FIM...

Mate com limão
Clean
July 21, 2011 01:08 PM PDT

Mate com limão

Texto e foto de Valéria del Cueto

Pode não parecer, mas há ciência na mistura. Tanto há, que após a industrialização do tradicional Mate Leão e sua distribuição nas praias cariocas nos copinhos lacrados, nas versões normal e light, com e sem limão, (transformando em objetos extintos os antigos latões que antigamente transportavam, nos ombros dos vendedores, o mate e a limonada), a volta do antigo sistema é aplaudida pelos experts e é sucesso junto ao público em geral.

A vida é assim, mate com limão. E a verdade verdadeira é que cada um tem e sabe a sua medida exata para deixar a mistura a seu gosto.

* continua no Sem Fim...

Empada
Clean
July 20, 2011 11:50 AM PDT

Empada

Texto e foto de Valéria del Cueto

Sempre que penso em Cuiabá penso em empadinhas.

Não as considero um quitute típico do lugar, como os bolos de queijo ou arroz, a farofa de banana, o furrundu.

Porém, anos de experiência me ensinaram que meus amigos mais cuiabanos, os de tchapa e cruz,  sempre procuram as empadas quando dão com os costados aqui pelo Rio de Janeiro.

Sabem – e procuram – onde estão as melhores, as mais deliciosas. Diferenciam pequenos detalhes, como as massas que abrigam os recheios.  “Tem a massa podre e a outra”, me instruiu Beto Dock, um exemplo típico de cuiabano especializado no produto. “A massa podre esfarela”, define diante da minha santa ignorância, enquanto me apresentava para uma lojinha local em seu primeiro dia, ou melhor, em sua primeira hora de estadia na cidade maravilhosa.

* Continua no Sem Fim...

A espera da empadinha
Clean
May 30, 2011 09:30 PM PDT
itunes pic
A espera* da empadinha Texto e foto de Valéria del Cueto A vida que pedi a Deus inclui este momento. Hidroginástica com minha avó, ainda meio dormindo, apesar do cafezinho fresco na casa dela quando passo para buscá-la. Voltar pra casa pra trocar os apetrechos, pegar o livro, tomar um suco e partir para a praia do Leme. * mais no Sem Fim...

Next Page